O Dia de Campo sobre Café Clonal, realizado na propriedade do produtor rural Leonardo Holandês, no distrito de Boa Vista do Pacarana, em Espigão do Oeste, contou com a participação de mais de 40 pessoas, entre os quais homens, mulheres e produtores indígenas.

As atividades estavam paradas há cerca de dois anos, devido a pandemia da covid-19, mas agora retornam à normalidade com a realização de atividades grupais.

Durante as atividades foram apresentados temas abordando técnicas de poda de condição e tratos culturais,  como preparação do solo, calagem, adubação, irrigação, colheita e pós-colheita.

O objetivo do evento foi demonstrar as técnicas envolvidas no processo de produção, evitando-se perdas durante os processos de colheita e pós-colheita, principalmente quando os clones são colhidos fora do tempo de maturação, perdendo seu rendimento e qualidade, e orientação quanto ao uso de tecnologias na melhoria da produção e produtividade.

http://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2022/04/20220429-dc-cafe-pacarana-2022_006-1024x644.jpghttp://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2022/04/20220429-dc-cafe-pacarana-2022_006-150x150.jpgWania RessuttiDestaquesGaleria de FotosO Dia de Campo sobre Café Clonal, realizado na propriedade do produtor rural Leonardo Holandês, no distrito de Boa Vista do Pacarana, em Espigão do Oeste, contou com a participação de mais de 40 pessoas, entre os quais homens, mulheres e produtores indígenas. As atividades estavam paradas há cerca de...Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia