Gado de leite - girolando
O produtor adquiriu animais de genética superior com crédito rural orientado pela Emater-RO.

O agricultor familiar Manuel Neto de Sousa, de Guajará Mirim, assistido pela Emater-RO, se destacou como produtor de leite, mas pelo seu cuidado na seleção dos animais já evoluiu para produtor de matrizes e reprodutores pela notável  qualidade do seu rebanho leiteiro. A propriedade tem apenas 80 ha, mas o proprietário tem status de grande produtor, tanto que hoje o foco de sua produção não é mais a venda de leite, agora o principal produto comercializado pela fazenda é a genética de alta performance em produção leiteira. E a fazenda já é uma das principais fornecedoras de matrizes e reprodutores nos programas oficiais de financiamento agrícola, como Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e Programa de Crédito Rural do Banco do Povo.

O extensionista rural da Emater-RO Rodrigo Ferreira Faccas que presta assistência técnica à  propriedade, diz que o produtor é assistido a bastante tempo pela Emater-RO, mas foi a partir de 2011 que  intensificou o trabalho com o gado leiteiro, naquele ano seu Manuel decidiu investir pesado no gado leiteiro, aplicando toda a tecnologia recomendada pelos técnicos da Emater-RO. Na época fez financiamento através do Pronaf, para implantar os projetos de investimento em produção de leite, elaborados pelo próprio Rodrigo que desde aquele tempo é o extensionista responsável pela assistência técnica na propriedade da família.

Com o crédito rural orientado pela Emater-RO, o produtor adquiriu animais de genética superior, tanque de expansão para armazenamento do leite, fez melhorias nas instalações da propriedade, e posteriormente comprou trator, ensiladeira e vagão forrageiro, investimentos que vêm transformando o modelo de cultivo, a produtividade e a qualidade de vida da família. Rodrigo lembra que no primeiro concurso leiteiro que o produtor participou em 2011, sua vaca produziu seis litros de leite, hoje já tem animais na propriedade produzindo 40 litros de leite/dia.

A família também se preocupa com a sucessão na propriedade, é o que revela o modelo administrativo adotado na fazenda, atualmente gerida pelo patriarca, seu Manuel, mas com a participação direta dos dois filhos, que inclusive recebem salários regularmente, numa clara demonstração de que a propriedade caminha para alcançar o status de empresa rural.
Este mês o produtor recebeu a visita dos técnicos da Associação Brasileira de Gado Girolando, que vieram certificar os animais nascidos na fazenda aptos a receber o registro genealógico da raça Girolando. Os animais da fazenda têm participado de provas zootécnicas e recebido as certificações de pureza da raça com registro em livros fechados da Superintendência do Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando, órgão da Associação dos criadores da raça, com a devida autorização do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Com o programa Proleite e o projeto inseminar o perfil genético dos rebanhos leiteiros mudou
Com o programa Proleite e o projeto inseminar o perfil genético dos rebanhos leiteiros mudou

A Fazenda é uma das propriedades referenciais orientadas pela Emater-RO, que servem como vitrine do trabalho dos extensionistas da entidade autárquica para toda a população rural. Os resultados alcançados neste caso de sucesso da propriedade do senhor Manuel Neto, não só evidencia a qualidade da pecuária rondoniense, como orgulha a equipe técnica da Emater-RO em Guajará Mirim e em todo o estado, pela excelência do serviço público oferecido aos agricultores familiares do estado pela autarquia do governo de Rondônia.

Texto: Enoque de Oliveira
Fotos: Irene Mendes e arquivo
EMATER-RO
http://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2020/08/vaca-1.jpghttp://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2020/08/vaca-1-150x150.jpgAssessoria de Comunicação EMATERDestaquesNotíciasUltimas notíciasagricultura familiar,bovinocultura de leite,genética,girolandoO agricultor familiar Manuel Neto de Sousa, de Guajará Mirim, assistido pela Emater-RO, se destacou como produtor de leite, mas pelo seu cuidado na seleção dos animais já evoluiu para produtor de matrizes e reprodutores pela notável  qualidade do seu rebanho leiteiro. A propriedade tem apenas 80 ha, mas...Entidade Autáquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia