Após a colheita e a fermentação, é preciso um prazo médio de mais 10 dias para secagem
Após a colheita e a fermentação, é preciso um prazo médio de mais 10 dias para secagem.

Maior concurso de café robusta do Brasil o 5º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé) teve sua inscrição prorrogada para até 21 de agosto deste ano. A alteração da data foi uma solicitação dos produtores rurais e de entidades representativas da cafeicultura no intuito de dar oportunidade para que os cafeicultores que estão colhendo seu café tardiamente, possam participar. O novo prazo não trará nenhum prejuízo para as futuras etapas do concurso que vem acolhendo cada vez mais os cafeicultores de Rondônia

Em sua 5ª edição, o Concafé, não é mais novidade, mas o evento tem incentivado os cafeicultores a investir cada vez mais na qualidade com sustentabilidade do café robusta. A realização do concurso deste ano contou com a inesperada pandemia do coronavírus, porém a produção cafeeira continua a toda e a disputa promete ser acirrada, tamanha o empenho dos produtores rurais e da qualidade do café que eles vêm apresentando.

Segundo Janderson Dalazen, que coordena a organização do concurso, foi solicitada pelos próprios cafeicultores, principalmente aqueles cujo café estão amadurecendo agora, em julho. “eles pediram essa prorrogação porque alguns estão utilizando algumas técnicas, por exemplo, a técnica da fermentação, e nesse caso eles precisam de 15 a 20 dias depois de colhido para deixar esse café fermentando, além disso ainda é preciso um prazo médio de mais 10 dias para secagem”, explica Dalazen.

Perspectiva de aumento produção de 6,6% para 2020, chegando a 2.344.119 sacas.
Perspectiva de aumento produção de 6,6% para 2020, chegando a 2.344.119 sacas.

Essa técnica de pós colheita dura em torno de 20 a 25 dias, motivo pelo qual o prazo estipulado no edital ficaria muito apertado para que esses cafeicultores também pudessem participar do Concurso. Assim, a solicitação foi analisada pela comissão organizadora que entendeu que não haveria nenhum prejuízo para as demais etapas do concurso e concordou com a dilatação do prazo para até o dia 21 de agosto.

A produção de café robusta em Rondônia no ano passado atingiu a marca de 2.198.678 sacas e a expectativa para este ano, segundo a previsão da Conab/2020, é de um aumento de aproximadamente 6,6%, chegando a 2.344.119 sacas, com uma produtividade de 36 sacas/hectares. Isso traz grandes perspectivas para o 5º Concafé, que deverá apresentar um café com qualidade e capaz de concorrer em igualdade em qualquer lugar do mundo em sua categoria.

Realizado pelo governo do estado de Rondônia, por meio da Seagri, Emater, Idaron, e uma rede de parceiros que compõem a cafeicultura de Rondônia, entre os quais a Câmara Setorial do Café, Caferon, Embrapa, Mapa, Sebrae, Faperon e Senar, a 5ª edição do Concafé terá a maior premiação da sua história. Já estão garantidos os R$ 289 mil reais em prêmios que inclui um trator cafeeiro, um secador de café, valores em dinheiro e vale compras de produtos agrícolas.

As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas pela internet, acessando a FICHA DE INSCRIÇÃO.
O REGULAMENTO também já está disponível nos sites da Emater-RO e da Seagri.

Texto: Wania Ressutti
Jornalista – MTE-1744/RO
Fotos: EMATER-RO
http://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2020/07/Concafe_001-2019-foto-EMATER-RO-1024x669.jpghttp://www.emater.ro.gov.br/ematerro/wp-content/uploads/2020/07/Concafe_001-2019-foto-EMATER-RO-150x150.jpgWania RessuttiDestaquesNotíciasUltimas notíciascafeicultura,Concafe_2020,concurso,inscriçãoMaior concurso de café robusta do Brasil o 5º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé) teve sua inscrição prorrogada para até 21 de agosto deste ano. A alteração da data foi uma solicitação dos produtores rurais e de entidades representativas da cafeicultura no intuito de...Entidade Autáquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia